Liz West revela interesse em trazer a “SpiceWorld: The Exhibition” para o Brasil

sg_swe
Para comemorar os 20 anos do primeiro single das meninas, “Wannabe” (e deixar todos nós nos sentindo muito velhos) o museu Believe It Or Not, em Londres, traz uma exposição temporária da maior coleção dedicada à banda no mundo. Confira 10 curiosidade sobre o evento:

1) A inglesa Liz West, de Manchester, é a dona da coleção. Ela já apareceu no Guiness Book, o livro dos recordes, que comprovou que ela possui o maior número de objetos dedicados à banda.

2) O vestido verde usado por Geri, a Ginger Spice, durante a turnê SpiceWorld, em 1998, foi arrematado por Liz em um site de leilões por 2500 libras (cerca de 12 mil reais).

3) Para incrementar a exposição, a mãe de Victoria Beckham, Jackie Adams, doou três vestidos da filha nos tempos de Spice Girls para serem expostos na sala dedicada do museu (mas ela vai levar os vestidos de volta no final).

4) Outro figurino lendário exposto lá é um dos macacões esportivos da Adidas que Mel C, a Sporty Spice, usava quase diariamente. A cantora deu a peça de presente para a colecionadora quando as duas participaram juntas de um programa de TV.

5) São quase 5 mil itens mas nem todos estão expostos por simples falta de espaço: segundo Liz, a coleção toda ocuparia quatro vezes o tamanho da exibição atual. Entre os objetos, estão livros, pôsteres, adesivos, pirulitos personalizados (que também foram vendidos no Brasil), CDs, fitas de vídeo, fitas cassete, biografias, pacotes de biscoito com as cantoras na embalagem, latinhas de refrigerante com fotos delas, e muito mais.

6) Entre os CDs, há uma versão limitada do single “Viva Forever”, o último com Geri no grupo antes de ela deixar a banda (ela voltou para as Spice Girls depois de alguns anos), que foi sorteado por uma rádio australiana. Como só existem cinco dessa edição no mundo, hoje ele vale 300 libras (cerca de 1500 reais).

7) Liz começou a coleção quando tinha 11 anos e os parentes e amigos começaram a presentear a fã com objetos relacionados ao grupo. Quando as Spice Girls começaram a vender ‘merchandising’, os produtos próprios delas, a inglesa começou a gastar todo o seu dinheiro com isso (existiam lojas próprias das Spice Girls espalhadas pelo Reino Unido). E é claro que os famosos sapatos-plataforma usados por elas não poderiam ficar de fora.

8) A superfã já conheceu pessoalmente Mel B, Emma e Mel C, que virou sua preferida por ter sido muito simpática e atenciosa. Emma, a Baby Spice, visitou a exposição com os filhos duas semanas antes da abertura para o público, para escapar do assédio.

9) No dia do casamento, Liz tentou seguir a tradição daqui de ter um objeto novo, um objeto emprestado e um objeto azul, que não conseguiu a tempo. Mas quando abriu a caixa de sapatos Jimmy Choo, encontrou a frase “Say You’ll Be There” (título de um dos maiores sucessos da banda e que significa ‘Diga que você estará lá’) escrito em caneta azul, na sola, pelo noivo – e agora marido (que pelo jeito a conhece muito bem).

10) Depois de Londres, a fã, que é formada em Belas Artes, vai levar a coleção a Watford, cidade onde Geri nasceu. O sonho dela, que contactou diversos museus oferecendo a exposição antes de firmar o acordo com o Believe It Or Not, é levar os objetos para exibir em outros países. Ela me contou que sabe que no Brasil ainda há muitos fãs do grupo e que adoraria visitar e expor por lá.

“SpiceWorld: The Exhibition”, a maior coleção do mundo de objetos das Spice Girls, estará no museu Ripley’s Believe It Or Not em Piccadilly Circus, do dia 28 de Março ao dia 31 de Maio. Para visitar, é preciso comprar os ingressos normais para visitar a atração de seis andares, especializada em bizarrices, histórias extremas e salas interativas.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.