Radio 1 – Promoção de “A Mind Of It’s Own”

Radio 1 – Promoção de “A Mind Of It’s Own”
Ano: 2002

“Ter um álbum número um é um sonho. Um single seria ótimo alcançando o número um – mas eu acho que essa pressão não existe mais, ninguém espera que eu consiga o número um. Eu acho que agora é mais direcionado à música e menos à empolgação da mídia.”

Todos nós sabemos que ela não é mais uma uma garota inocente – mas como é a verdadeira Victoria Beckham? Bem, Victoria deu uma parada depois de aparecer no programa do Moyles para fazer seu primeiro chat ao vivo na Radio One. Nós temos literalmente centenas de perguntas chegando que abordam tudo. Sim, tudo. Mas como ela reagiu com o seu público – e quem é o seu modelo?

Limber: Eu acabei de ouvir você cantando no Moyles e, você foi demais! Você estava nervosa? O que fez você cantar ao vivo em rede nacional?
Victoria Beckham: Eu estava muito, muito nervosa. Cantar ao vivo na radio – você fica se perguntando se você está alcançando todas as notas, mas foi legal. Eu ainda não me ouvi! Eu estive trabalhando muito com esse single, eu tenho a minha banda. Eu cantei com uma orquestra de cem pessoas recentemente também.

Gregor: É verdade que seu novo single vai ser a maravilhosa faixa “I Wish”? É a minha favorita do álbum, por favor, lance!
Victoria Beckham: Eu espero que sim! É uma das minhas favoritas, Eu também sou muito fã do Robbie Craig, que trabalhou com o Artful Dodger e Craig David, então eu espero que seja o próximo single – a voz dele é demais.

Sean Cassidy: A versão francesa de “A Mind Of Its Own” vai estar disponível para os fãs Britânicos algum dia – talvez como um b-side futuro?
Victoria Beckham: Eu acho que sim. Eu queria que ela fosse um b-side nesse single, mas não ficou pronta a tempo. Eu passei muito tempo tentando falar Francês corretamente – foi muito difícil. Eu queria parecer bem natural, então tive um tutor comigo.

Monkey: O quanto são importantes os álbuns e singles no número um pra você?
Victoria Beckham: Ter uma álbum número um é um sonho. Um single seria ótimo alcançando o número um – mas eu acho que essa pressão não existe mais, ninguém espera que eu consiga o número um. Eu acho que agora é mais direcionado à música e menos à empolgação da mídia. Então eu sinto que qualquer seja aposição dos charts, dei um passo acima na escada. As pessoas querem que eu me afirme como uma artista solo. Eu acho que não é mais à respeito da música – e acho que muitos artistas concordariam. Mas fazer um álbum realmente bom nem sempre é suficiente – é a percepção. Existem artistas fantásticos que nem chegam no top10, mas eu vou continuar tentando.

Simona Haines: Você gosta mais do solo ou de estar numa banda?
Victoria Beckham: Eu gosto de estar sozinha – foi ótimo estar nas Spice Girls, conseguimos muitas coisas juntas. Mas estar sozinha é poder fazer o que eu quero, a hora que eu quero, levar o Brooklyn pro trabalho e é diferente pra mim também.

Chris: O talento importa ou é só a ambição que se faz necessária pra se ter sucesso na indústria musical?
Victoria Beckham: Talento conta muito – essa é a parte boa do “Popstars” na TV – ele provou que você precisa ser talentoso e precisa saber cantar. As pessoas dizem que os grupos pop sempre dublam e não conseguem cantar, mas isso não é verdade. Tem que se ter talento e personalidade numa coisa só. Mas você não pode enfiar o dedo onde estão separando vencedores de outros.

Charmaine: Que músicos você admira?
Victoria Beckham: Sou uma grande fã de Whitney, Toni Braxton, Michael Jackson. Amo R’n’B, Soul, Anita Baker, Janet Jackson. Acho a Jennifer Lopez maravilhosa.

LondonBoy: Quem decide qual o single que vai ser lançado do álbum? É a gravadora, você ou ambos?
Victoria Beckham: Os dois, na verdade. “A Mind Of Its Own” pareceu ser uma boa seqüência.

Sunny Spice: Você está maravilhosa hoje! Por favor, acene para os fãs!
Victoria Beckham: Eu acabei de espirrar! Oi para todos os fãs!

Steve Sheasby: O que você acha de todas as recentes separações de todas as bandas pop, como os Steps?
Victoria Beckham: Eu não sei – acho que essas bandas passam muito tempo juntas. Tenho certeza que os Steps, assim como as Spice Girls, e também sendo um grupo, querem se expressar como artistas solo. Vai ser interessante ver o que podem fazer sozinhos. Eu sei que a filha da minha irmã ficou muito triste, porque ela realmente gostava dos Steps.

Julie Kettlewell: Você considera trabalhar num musical teatral de novo ou foi só um sonho?
Victoria Beckham: Eu estava pensando nisso nesses dias. Talvez. Eu acho que eu realmente quero me estabelecer como artista solo, mas no futuro, possivelmente.

Jamie Hannigan: O que significa pra você ser modelo de artista e pessoa?
Victoria Beckham: Eu acho que fui bem careta quando lancei meu primeiro single – queria provar coisas pra mim mesma e me prendi ao “será que vai ser número um?”. Agora já relaxei – tenho outras pessoas ao meu redor – e como você pode ver no novo vídeo e single é que a coisa toda é bem mais relaxada. Eu quis provar pra mim mesma que eu sempre serei criticada, e isso é bom, mas sempre me fará feliz.

Dan Parkes: Se você pudesse montar uma banda dos seus sonhos, quem estaria nela?
Victoria Beckham: Jennifer Lopez, Britney, eu, Dr. Dre e Snoop! Eu chamaria a Jennifer porque eu acho que ela é uma grande performista e uma ótima dançarina. E o Dre e o Snoop porque sou uma fã de R’n’B. E eu sendo pop e eles com o Hip-hop legal e solto seria bem interessante.

Claire Brown: Quem é o seu modelo de vida?
Victoria Beckham: Agora eu não tenho um- além da minha mãe, ela sempre foi meu modelo. E minha irmã. Mas eu sempre pensei na Lady Diana – ela passou tanto tempo aos olhos do público, mas mesmo assim teve seus filhos, fez caridade, era charmosa, e parecia ser uma boa pessoa. Então me inspiro nela.

Princebeckham: Você e o Brooklyn estão na loucura do Harry Potter?
Victoria Beckham: Não estamos – não li os livros. O Brooklyn conhece o Harry, mas ele está mais na onda dos dinossauros!

Kate: O que o seu irmão faz?
Victoria Beckham: Ele é o cérebro da família, e está fazendo um curso de computação – vai ser programador. Ele passou no segundo exame. Ele é o único da casa que sabe ligar um computador!! Estou muito orgulhosa dele.

Pete: Porque você não é uma garota tão inocente?
Victoria Beckham: Bem, eu tenho um filho! Sei lá…(risos) Eu acho que é uma das razões. Mas não é essa a mensagem – é mais algo como “não julgue um livro pela capa”. Eu acho que muitas vezes as pessoas julgam minha música pela celebridade Victoria Beckham, não pela música em si. Vai levar tempo. Talvez seja bom que as pessoas não pensem que eu sou inocente – mas não sou uma velha!

Brett: Só quero saber, como você mantém um senso de humor tão bom perante a imprensa?
Victoria Beckham: Eu não leio. Eu não vejo os jornais. Tinha um tempo que eu me preocupava sobre o que saía neles, mas agora eu não ligo mais. Se as pessoas escrevem coisas sobre a minha pessoa que não são verdade, então devem estar escrevendo coisas sobre outras pessoas que também não são verdade.

Claire: Eu adoro as Terças-feiras, porque a “Heat” sai nas bancas, e você?
Victoria Beckham: Eu acho que a “Heat” é bem legal, assim como muitas revistas. Mas não leve isso como uma religião!

Sean Cassidy: Você considera a idéia de fazer um filme, e se considera, que tipo de personagem você seria?
Victoria Beckham: Eu adoraria me envolver nos filmes algum dia – um papel pequeno cairia bem. Eu adorei “Meet The Parents” (Entrando Numa Fria) – David põe esse filme quando eu fico triste! Eu adoraria fazer algo assim, ou talvez um filme de terror!

Steve Fraser: Se você está descansando num Sábado à noite, assistindo o “The Box”, e o mordomo te traz uma caixa de cereais matinais e um saco de salgadinhos, qual você escolhe?
Victoria Beckham: Mordomo?! Acho que seria minha mãe – não tenho um mordomo. Eu ficaria com os cereais. Não gosto do sabor de bacon, já que sou vegetariana, mas meu sabor favorito é sal e vinagre!

Monkey Kiss: De onde você tira a inspiração para suas músicas?
Victoria Beckham: Minha família me inspira. Eu estava nos Estados Unidos quando escrevi o álbum, trabalhando com autores maravilhosos. Muito disso saiu das minhas experiências pessoais – muitas sendo músicas que falam de amor. “A Mind Of Its Own” sairá na semana do dia dos namorados.

Professor Klump: Se toda a sua fama e de David acabassem amanhã, que tipo de trabalho você faria?
Victoria Beckham: Se tudo acabasse amanhã, eu escreveria músicas pra outros cantores. Eu ainda estaria envolvida com música ou produção, de alguma forma.

Ginger: Qual o primeiro disco que você comprou e qual o mais recente?
Victoria Beckham: O primeiro que eu comprei…(pensativa) Poderia bancar a legal e dizer Bobby Brown, mas acho que foi Bucks Fizz, “Making Up Your Mind”. Eu adorava o Five Star, eles foram fantásticos! Eu queria casar com o SteadMan! Meu disco mais recente é o da Mary J. Blidge. eu acho que é legal, mas é difícil julgar quando se tem os álbuns mais antigos pra comparar. Demora pra se acostumar. Meu álbum favorito de todos os tempos é “Off The Wall”, do Michael Jackson.

Carley Smith: Com quem você gostaria de trabalhar no futuro?
Victoria Beckham: Eu diria alguém que estivesse no mundo hip-hop, mesclado com minhas letrinhas pop e melodias. Algo diferente – talvez alguém do mundo clássico.

Brambles: Você acha que a fama mudou seu jeito?
Victoria Beckham: Eu acho que provavelmente me fez mais crítica. Eu achava suficiente só gravar um álbum, e agora não acho que seja o bastante. Faz você olhar as pessoas de uma forma diferente – acho que até julguei mal algumas pessoas. Faz você se tocar de quem deveria se aproximar, o quão importante é a sua família.

Mr: Você me emprestaria dez libras, já que eu tenho que jogar sinuca hoje à noite e tenho quatro reservas no meu nome?
Victoria Beckham: Se você não tem muito dinheiro, deveria fazer algo mais importante com o pouco que tem.

Jenny Miller: Qual o último filme que você viu e porque?
Victoria Beckham: Eu não vou ao cinema há séculos!! Provavelmente foi um daqueles filmes de crianças com o Brooklyn. Eu quero ver “Vanilla Sky”.

Laura: De onde você tira seus carros?
Victoria Beckham: Da garagem!

Kristina SM: O Brooklyn se dá conta da sua fama?
Victoria Beckham: Acho que não – acho que ele pensa que todas as mães são cantoras, e todos os pais são jogadores de futebol. Acho que seria difícil se as pessoas empurrassem o Brooklyn pra pedir um autógrafo do pai dele quando estivermos saindo juntos um dia, seria um tanto rude! Você nem sempre escolhe estar nos jornais ou revistas, e as pessoas pensam que é de direito delas vir até você o tempo todo. É legal certas vezes, mas não quando eu acabo de sair do banheiro, por exemplo.

Daniel Campbell: Qual a situação mais embaraçosa que você já passou?
Victoria Beckham: Nós estávamos filmando no CD:UK – o show seria gravado, eu estava vestida de “boa-garota”, e meus seios saíram da roupa! Ainda bem que a fita foi destruída, ao menos é o que eles dizem!!

Danielle Chapman: Há quanto tempo você é vegetariana e o que a fez mudar?
Victoria Beckham: Eu como frango algumas vezes e peixe, então não sou uma vegetariana verdadeira, mas eu não como carne vermelha há dezesseis anos. Na verdade eu não gosto, e o Brooklyn também não come carne vermelha.

Apresentadora da Radio One: Infelizmente Victoria tem que ir agora. Mas antes ela tem algo a dizer…
Victoria Beckham: Só gostaria de dizer “oi” para todos os meus fãs, obrigado por virem aqui, e espero que gostem do single!! E no dia 12 de Fevereiro, estarei fazendo um webchat no meu website – www.victoriabeckham.mu – e uma performance ao vivo com a minha banda!!

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.