POPGOSS

POPGOSS
Ano: 2002

Por que você gravou uma versão em Francês de ‘A Mind Of Its Own’?

Victoria – Demorei mais de um dia no estúdio pra gravar a versão em Francês de ‘A Mind Of Its Own’. Aprendi Francês brevemente na escola mas eu nunca fui particularmente boa então foi um trabalho bem duro para mim. Eu tinha um professor de Francês e um intérprete e meus produtores e todo mundo lá no estúdio comigo e eu apenas queria saber tudo de cor retamente. Demorei uma eternidade porque queria fazer a coisa do jeito certo. Queria que os franceses entendessem, que é mais ou menos a idéia de qualquer forma! Mas estou muito feliz com ela, ficou realmente, realmente bom. É uma boa versão.

Por que você escolheu Francês se a onda latina está muito mais forte agora?

Victoria – Porque a gravadora francesa tinha muito interesse que eu fizesse isso e obviamente a França é um mercado muito grande para mim. E tenho alguns fãs franceses excelentes então eu realmente queria fazer isso por eles. Talvez o próximo single será em Espanhol ou Italiano, vamos ter que esperar para ver.

O que você pode nos dizer sobre a banda que reuniu recentemente?

Victoria – Reuni uma banda, ou eu deveria dizer, tenho um novo empresário agora e eles reuniram uma banda para mim, o que é ótimo. Eu realmente queria me concentrar em fazer mais trabalhos ao vivo com esse single porque obviamente ‘Innocent Girl’ e muito rápida e há muita dança e roupas chiques e perucas e saltos altos e essas coisas então teria sido muito difícil. Com ‘Mind Of Its Own’, porque é uma balada, me dá a oportunidade de concentrar nas minhas performances ao vivo que é o que quero fazer.

Fiz meu primeiro show ao vivo pouco antes do Natal no NEC em Birmingham na frente de 15 000 pessoas. Havia uma orquestra de 100 músicos, mais a minha banda e foi completamente ao vivo o tempo todo. Foi a primeira vez que fiz isso e foi uma atmosfera incrível. Foi fantástico ouvir uma orquestra de 100 músicos tocando uma música que eu escrevi. Cantei ‘Mind Of Its Own’ e ‘I Owe You’ e David e minha mãe e meu pai e Brooklyn.
Também tenho feito muitas performances acústicas no rádio e tenho alguns show agendados então estou realmente me divertindo no momento. Estou apenas pensando que nunca vou agradar todo mundo então tenho que agradar apenas a mim mesma e estou me divertindo muito. É isso que gosto de fazer.

Cantar ao vivo é mais assustador quando você está fazendo isso sozinha?

Victoria – É muito assustador, realmente é, e é por isso que agora tenho que pensar que estou em uma posição que o que quer que eu faça, serei criticada, então estou fazendo só por mim realmente. Estou adorando e é muito, muito realizador e estou trabalhando nos meu vocais. É claro que todo mundo comete erros mas é ótimo e simplesmente estou fazendo o que gosto de fazer. Mas ainda fico nervosa.

Com todas as críticas, você não se sente tentada a comprar algum lugar no sul da França e desaparecer?

Victoria – (Risos) Muitas vezes penso nisso. Eu recebo muitas críticas mas não leio mais os jornais. O que acho que é uma vergonha que eu tive que dizer recentemente – é que fiz um ótimo álbum, muitas pessoas leram meu livro, as pessoas estão muito interessadas no meu cabelo, nas minhas roupas e na minha maquiagem, mas muitas pessoas não percebem que sou famosa por causa da música. Acho que isso mudará com mais singles que lançarei deste álbum mas pode ser bastante frustrante quando você olha para as paradas e vê as músicas que estão se saindo bem.

Eu costumava pensar que fazer um bom álbum era o suficiente e é bastante triste quando você tem que admitir o fato de que isso não é o suficiente. É preciso mais que isso mas é assim que a indústria fonográfica funciona. Acho que em algum ponto isso vai mudar então estou apenas progredindo lentamente fazendo minhas próprias coisas e eu não leio os jornais. É engraçado que toda vez que ligo a televisão estão falando de mim(risos). Essa é a coisa!

Ontem eu liguei a televisão, estava com David, não me lembro que programa era mas um cara estava contando uma piada. Ele disse que Macy Gray costumava trabalhar em uma copiadora e Victoria Beckham é a única pessoa que podia copiar sua bunda com a tampa abaixada. Eu disse para David, “Isso não é muito legal, e?” Eu posso rir de mim mesma mas você sabe quando se sente bastante triste por você mesma, então eu desliguei. Então eu liguei de novo e alguém estava dizendo algo horrível sobre Brooklyn. Você chega ao estágio em que pensa, “Bem, simplesmente não vou mais assistir televisão!” Acho que faz parte, vem com o que eu faço, e eu estou feliz e minha família está feliz então isso é o mais importante. Nunca leio os jornais porque é tudo um monte de besteiras!

Então você só pode assistir o Discovery Channel?

Victoria – Exatamente! Eu nem posso assistir aos canais de música porque há muita política acontecendo!
 
Nós podemos esperar mais algumas perucas?

Victoria – (Risos) Will há mais perucas? Hmm… Você sabe qual é o problema? Cabelo leva tanto tempo pra crescer que se eu quiser cabelo comprido… eu não acho que eu iria por mais esses apliques, há algo bastante sem atrativo sobre toda a cola que é aderida no meio. David pensava que estava indo para cama com Lenny Kravitz, eu acho, porque aquele cabelo fica tão amarrado e você acorda de manhã e o único modo de descrever como você parece é uma cruz entre ela-diabo, Bob Marley e Lenny Kravitz porque é descontrolado, o cabelo é tão grande! Então eu duvido que nós estaremos colocando aquilo novamente. Eu duvido!

Qual é sua gorjeta de topo para esta seção?

Victoria – Maquiagem MAC! Eu sei que eu dei alguma maquiagem MAC no local como um prêmio de competição e eu realmente estou nisso no momento então você tem que usar sua maquiagem MAC. Como eu sempre disse, eu acho que há algumas lojas de rua realmente fantástica – você não tem que fazer compras em lojas de desenhista. Há muito material na rua que é fantástico. Eu estava na Top Shop outro dia e eu comprei tudo. Eu acho que você deve misturar materiais e comprar coisas que são individuais pra você, no lugar de comprar só coisas da moda. Não há nada pior que uma vítima da moda que só usa algo por causa da moda. Use coisas que o vestem, ok?

Há agora algum visual que você apenas pensa, “Por quê ?”

Victoria – Eu não estou furiosa com todas essas coisas de camisas de ruffley ou qualquer coisa muito exagerada. Eu gosto de coisas bastante claras. Eu vi alguém outro dia com um tipo de saia de puffball muito sem atrativo. Faz seu traseiro parecer enorme e isso não é nada agradável. Nada também flouncy ou exagerada ou florida. Faixas que vão lateralmente são mesmo ante favorecidas e sem atrativo. Eu gosto de coisas que são individuais mas eu não gosto das pessoas que só vestem algo para parecer individual ou só parecer diferente. Eu não sou daquelas que usam a mesma maquiagem lairy mas eu sei que recentemente está muito na moda usar sombra verde luminosa e sombra azul luminosa. Eu não aderi isso, é a moda um pouco vítima. Um pouco mais natural, eu penso.

Se você tivesse que escolher um item de vestuário ou uma roupa sem a qual você não pudesse viver, o qual seria?

Victoria – Uma roupa sem a qual eu não pudesse viver… eu escolheria provavelmente muito, muito, muito evidentemente, o vestido preto. Eu acho que se você tiver um vestido preto você pode fazê-lo parecer casual, parecer a rigor, cai bem com qualquer coisa, você pode usar durante o dia, você pode usar a noite, pode parecer muito sexy e muito eterno, ninguém se lembrará se você usar ele repetidas vezes tempo após tempo. Você pode os manter durante anos, seus vestidos pretos.

Foi uma decisão dura deixar uma equipe de um documentário segui-la, e como se sentia?

Victoria – Meu documentário sairá em março e a equipe do filme me seguiu durante aproximadamente quatro ou cinco meses. Será muito interessante para pessoas verem. Você vê a minha realidade. Eu suponho que foi intruso até certo ponto mas não muito intruso. Você deixa as pessoas verem o quanto você quiser que elas vejam realmente, mas eu realmente acho que as pessoas adquirirão uma percepção sobre mim e como é ser eu, somente do outro lado da câmera, do meu lado. É muito divertido e eu viajei ao redor da Europa e da América e a equipe do filme estava comigo, então vai ser muito divertido.

Há algum momento que você tem medo de ser mostrado?

Victoria – (Rindo) há partes em que eu penso, ” Oh, por favor não mostre isso “! Definitivamente! Mas eu pensei, se for para eu fazer isto então tem que ter umas verrugas em todo o documentário. Há algumas partes em que eu pareço terrível, eu estou sentada lá sem maquiagem e meu cabelo está se levantando em fim e algumas partes que são muito engraçadas e algumas partes que são um pouco mais pessoal onde eu estou triste ou um pouco stroppy* mas eu acho que é importante as pessoas verem isso. O conjunto da coisa é muito engraçado e eu acho que as pessoas realmente se divertirão.

Há alguma outra pessoa famosa no documentário?

Victoria – Outra pessoa famosa? Bem, David está lá e ele é bem famoso. Quem mais? Eu acho que eles entrevistaram algumas pessoas que as pessoas reconhecerão. É um documentário e obviamente eu fui filmada em TV shows onde há outras celebridades. Algumas celebridades aparecerão aqui e lá; você reconhecerá alguns rostos.

Há alguma coisa nos charts no momento que você goste?

Victoria – Nos charts no momento que eu goste? Eu acho o Blue fantástico. Eu sou uma grande fã do Blue. Eu sou uma grande fã da Britney Spears. Quem mais eu gosto? A Pink é muito boa, No Doubt é muito bom. Mas não há muita coisa nos charts no momento que eu goste de fato. Eu acho que há muita dance music que eu realmente não aderi – é tudo um pouco techno. Eu às vezes sinto que se você tocasse ‘ Happy Birthday’ o suficiente no rádio e divulgar o suficiente na imprensa, as pessoas sairiam e comprariam isto. Então eu acho que há muita música que não é tão legal nos charts no momento. Mas eu acho que há alguns artistas fantásticos – como eu disse, Blue é legal, Britney Spears é legal. Há muito R&B – O Usher é fantástico, hip hop. Então há alguma música boa lá fora mas eu acho que não alcança o topo dos charts freqüentemente. É o mesmo pop e pop music que alcança o topo dos charts e eu realmente não estou nisso. Eu sei que eu faço música pop mas há muitos artistas britânicos que não são tão bons.

Como é a vida nos gostos musicais dos Beckham?

Victoria – Nós temos muita sorte porque nós temos gostos bastante parecidos em casa. Nós ou estamos ouvindo r’n’b ou hip hop ou nós ouvimos o Frank Sinatra. David é um grande fã de Frank Sinatra . Brooklyn ama hip hop. Eu acho que é porque tem fortes batidas. Nós temos que ser bastante rígidos com o que permitimos que ele escute, mas ele gosta muito de hip hop. É engraçado porque quando ele esta lá sentado e nós estamos assistindo MTV ou alguma coisa e ele fala, ” Mamãe, é lixo! é lixo “! Ele só tem dois anos e meio e ele tem um gosto muito bom pra música.

Você tem assistido Pop Idol?

Victoria – Eu tenho assistido ao Pop Idol e eu acho que o Will vai ganhar. Ele é obviamente muito talentoso, ele adquiriu uma presença agradável e ele parece muito amigável. Eu votei nele e eu realmente espero que ele ganhe.

Se você tivesse 17 novamente, você participaria do Pop Idol?

Victoria – O Pop Idol é uma coisa muito legal, é como foi para nós, quando juntamos o grupo, indo em audições. Obviamente não foi televisionado mas isso foi durante muito o tempo. Realmente dá para as pessoas terem uma noção eu acho que se eu não fosse famosa agora, eu definitivamente teria ido lá nas audições do Pop Idol. Eu não sei como eu iria mas eu definitivamente estaria lá!

As Esposas de dos jogadores de futebol – sendo honesta, há pessoas que você reconhece?

Victoria – Eu olho pra aquilo e penso que é muito divertido. Quero dizer, eu vejo isso e é muito divertido. Havia uma pessoa que queria ser eu, e ela tinha um namorado, que queria ser o David e ele pegou o Porsche conversível com suas sombras. Ela pôs a bagagem dela na parte de trás que é Louis Vuitton e ela disse, ” Oh baby! Nós somos tão ricos! O que nós vamos fazer com todo nosso dinheiro? Nós somos tão famosos “! eu pensei, ” Deus, é isso que as pessoas pensam que eu e David somos”.

Eu acho isto realmente difícil ser levada seriamente como uma artista solo porque as pessoas acreditam nessas imagens que a mídia pinta de você. Não é nada assim no Man United, eu tenho que dizer. As mulheres sempre parecem muito glamurosas e elas sempre estão vagando pra cima e pra baixo dentro de suas pequenas roupas o tempo todo e nós realmente não somos assim. Quando eu vou para um jogo eu normalmente vou com meu tracksuit ou um par de combats. Eu não acho parecidas as histórias que estão nos jornais sobre eles ! E isso é desagradável.

Qual é a coisa que as pessoas pensam erradamente sobre você que você gostaria de esclarecer?

Victoria – Eu acho que há muitas coisas. Eu sempre estou ouvindo, você realmente gastou muito dinheiro nisto? Você realmente comprou isso? Você realmente disse isto ou aquilo “? E isto é realmente difícil porque isso realmente não é eu. As pessoas nos vêem por exemplo como Ali G ou Parkinson e as pessoas dizem, ” Deus! eu realmente vi um lado diferente em você “. E você diz, ” Sim, bem isso na realidade sou eu “. as Pessoas mudam as opiniões delas até que elas lêem a próxima história lixo nos jornais, então você constantemente sente como se estivesse batendo sua cabeça contra uma parede de tijolo. Então você começa a superar as percepções. Às vezes eu me sinto como se estivesse em uma arena, com um pequeno lenço vermelho e eu tenho aproximadamente 50.000 touros que vêm na minha direção, e é como, o que você pode fazer? Não há nada que você pode fazer sobre isto. Eu amo o que eu faço, eu amo minha música e eu vou continuar e esperançosamente que muitos de vocês também gostem. Alegrias!

Você fez coisas diferentes como a música, o livro e a TV – há alguma outra ambição ainda?

Victoria – Definitivamente! Minha ambição é, pessoalmente, ter mais filhos e continuar feliz com o David, mas profissionalmente eu gostaria de ser capaz de alcançar o sucesso solo pra mim mesma. Claro que o sucesso solo é pra mim mesma – doh! Você sabe o que eu quero dizer! Eu gostaria de poder estar de pé e dizer, ” Wow! eu vendi muitos álbuns, meus próprios “. poderia não acontecer com este álbum – poderia ser com o próximo álbum, mas eu realmente quero ser uma artista solo de sucesso.

Há algo novo para você tentar, como os Vestidos de Victoria Inc?

Victoria – Eu amaria fazer isso! Eu amaria ser uma desenhista e me envolver com algum tipo de casa fashion definitivamente, ou design de maquiagem. Eu acho que há muitas coisas. Eu sou um pouco como uma mulher de negócios, então talvez eu entrarei um pouco numa aventura empresarial excitante. Nós veremos…

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.