Magastar

Magastar
Ano: 2000

MELANIE CHISHOLM é a primeira a admitir que o ano de 2000 foi um vaso sanitário para ela.

Naturalmente, suas palavras são mais fortes do que estas, mas de qualquer maneira que você refrasear isso, Sporty Spice não teve bons momentos.
Fofocas e rumores sobre sua sexualidade, seu ganho de peso e seu festejo excessivo encontraram a alegria usual de Sporty, terminando o ano com depressão e explosões públicas violentas, o que só colocou mais lenha na fogueira.
Nesse ano, mel já determinou que as coisas serão diferentes.

Mais tarde ainda nesse mês, ela começa sua turnê mundial solo, que já tem os ingressos esgotados graças ao seu disco de platina dupla Northern Star.
“Eu estou começando uma nova fase da minha vida”, diz Melanie, parecendo consideravelmente mais livre depois de ter passado o Natal em casa com a família em Liverpool.

“Eu tinha diminuído a velocidade um pouco. Eu engordei, não estava malhando o tanto que eu malhava antes e estava sempre acelerada.”
“No Natal, eu estava me sentindo morta e desgastada, então eu decidi descansar um pouco. Agora eu me sinto mais forte, mais adequada e eu realmente espero algo desse ano.”
Com seu estilo de cabelo mais fofo, loiro e com luzes, Melanie admite que ela amadureceu muito no ano passado.

E descontando a sua ocasional explosão verbal, ela está sempre dolorosamente sentida, ela admite que não é a durona que todo mundo pensa.

“Sim, claro, eu fico triste”, ela diz calmamente, “Na maior parte das vezes, eu acho que o rumores de homossexualidade são engraçados. Mas eu passe por um estágio onde eu ficava um pouco envergonhada, achando que quando as pessoas me conhecessem já achassem que eu fosse gay.”
“Daí eu pensei: ‘E daí se eu fosse?’ Não há nada pra se envergonhar. Eu tenho muitos amigos gays.”
Ela adiciona: “Eu sei que a gente não deve se preocupar com o que as pessoas pensam, mas falar é mais fácil que fazer.”

“Tem coisas impressas sobre mim que eu tive que ser justa com a minha família e dizer: ‘Vocês sabem que isso não é verdade!’ ”
“Eu tinha uma pessoa bem próxima, chamado de amigo – agora ex-amigo – que vendeu uma história que estava relacionada com drogas. Eu tive que correr ligar pra minha mãe, e isso era difícil.”

“O quão longe as relações vão, simplesmente é algo que eu não quero ver nos jornais.”
“Eu sempre fui conhecida como a Solteira Spice, mas eu tive uns namoricos por aí.”
O último homem em sua vida foi Dan Williams, do TomCat, o grupo que apoiou Mel na sua última turnê. Petrificada pelo fato de qualquer coisa que ela fala é levada de maneira errônea, Mel sabiamente decide ficar calada sobre o assunto.
Deixando de lado sua ligação com Robbie Williams, J do 5ive e a estrela do futebol Robbie Fowler, é sempre a linha sobre lesbianismo que mantém Mel pra baixo.
“Não, eu não sou gay!”, ela diz com firmeza, “Eu não tomei o voto do celibato também. Eu só não entrei em uma relação que valeu a pena levar ao público.”

“Eu sou definitivamente romântica. Eu tive um namoro duradouro quando eu tinha 19, mas foi há tanto tempo que eu nem lembro de como eu me sentia, então o relacionamento perdeu a validade pra mim.”

“Eu conheci pessoas de que eu gostei, mas nunca deu certo. Eu às vezes me pergunto se eu vou conhecer alguém que eu realmente goste.”

Quando nos encontramos num bar de Londres, Mel está em seu visual típico, bem centrada, e naturalmente aberta aos seus sentimentos. Vestida em calças esportistas e camiseta sem manga, ela revela seu tonificado e bronzeado braço; ela parece saudável, feliz e justa.
Mas ela admite: “Não é um bronzeado apropriado. Eu andei usando o bronzeamento artificial. E eu estou me divertindo mais como loira então o ditado deve ser verdadeiro!!!”

“Eu realmente não estou preocupada com as aparências, o que não deve soar bem, porque eu me preocupo em ficar malhada. Mas o negócio é mais sobre a maneira pela qual eu me sinto por dentro.”
“A coisa do cabelo foi que eu decidi tentar mudar depois de fiar com eles escuros por anos. Eu tentaria qualquer coisa e o loiro parecia cair bem em mim e faz meu rosto parecer mais suave.”

Não é segredo também que Mel C é a Spice Girl de mais sucesso na carreira solo. Seu trabalho com Lisa Lopes no último ano teve grande aceitação aqui e na América.
Mel diz: “Foi uma coisa quando eu consegui o # 1. Eu recebi muitas críticas sobre o meu trabalho solo, mas isso muda bastante aos olhos da crítica quando você consegue sucesso entre o público.”
“Assim que eu comecei a vender bem, eles decidiram que era bom. Bem, forma bons meses atrás.”

Os últimos rumores que as Spice Girls finalmente se separariam depois de que seu album, “Forever”, murchou. Também foi dito que Melanie em sua própria vontade seria a primeira a sair do grupo.
Mas ela insiste: “As Spice Girls realmente são para sempre. Porque nós nos separaríamos?”

“Nós estamos tendo a oportunidade de nossas vidas. Nós nos divertimos muito e elas são minhas melhores amigas. Mas eu também tenho algo a mais para provar, e por isso estou tão determinada para ver meu trabalho solo dar certo.”
Na verdade, Mel C dá a dica que haverá sim uma turnê mundial nos fins de 2001.
“Nós queremos fazer uma extravagância mundial”, ela diz.
“Mas os shows vão ser muito diferentes dos velhos. Nós teremos mais coisas solo, e vai ser mais divertido e moderno.”

“Como as outras garotas tiveram bebês, tivemos que desacelerar, estávamos exaustas. Eu sentia que haviam outras coisas para serem feitas e eu apenas fiz.”
“O mundo é a nossa ostra, sério. Nós levamos dia após dia, e apenas queremos ser felizes.”
Enquanto ela ama o bebê de Victoria, Brooklyn, e a filha de Mel B, Phoenix, Mel C não quer ser mãe. “Eu gosto de crianças, mas não por muito tempo. Os bebês são lindos, mas assim que eles choram eu os devolvo às mães.”

“Eu nem estou preocupada com isso também. Minha carreira vem primeiro e eu só posso me concentrar em uma coisa de cada vez.”
Quanto ao casamento, Mel C é céptica, desde que seus pais se separaram quando ela tinha três anos.

“Enquanto eu crescia, isso me fez mais precavida quanto o casamento”, ela revela, “Me fez ser cínica à respeito”,

“Mas eu não acho que você possa comentar algo à respeito. Eu tenho 26 anos e estou amadurecendo bastante ainda.”
Mel C adora sua mãe, Joan, de 45 anos e, a mesma costumava ser seu modelo para a vida:
Minha mãe é o passarinho-chefe. Eu falo com ela em torno de cinco vezes ao dia. Como ela uma cantora de cabaré, eu idolatrava-a e eu sempre quis crescer e ser como ela. Pra falar a verdade, quando eu era criança, eu pensava que todas as mães eram cantoras…”

“Eu era uma adolescente terrível, rebelde. Nós nunca discutimos, éramos mais como amigas, e ambas éramos bem relaxadonas. Eu nunca briguei com ninguém.”
Isso não é o que você pensaria da relação de Melanie com a Ex-Spice Girl Geri Halliwell, a qual sobre o trabalho solo Mel fala: “Ela não sabe cantar, nem dançar…”
Tem também seus ataques nos rivais, Westlife. Mel admite que tem sido brutalmente honesta sobre Geri desde que ela deixou o grupo há dois anos, mas ela ressalta que apenas está sendo justa:
“Esse negócio de briga é mentira!”, ela diz com raiva, “Eu posso ter dito algumas coisas sobre os seus discos, mas eu estava sendo honesta, não puxando briga.”

“Se você me perguntar algo, vou ser honesta e responder. Eu prefiro viver a minha vida criticada por ser honesta do que crescer uma mentirosa. Eu fui ver a Geri nos bastidores do Brits, antes de tudo ficar caótico, e desejei sorte para sua performance.”
“Eu sabia que ela estaria nervosa fazendo tudo sozinha. Não tem nenhuma hostilidade entre a gente, e nunca antes existiu também. A vida é muito curta.”

“As Spice Girls são como um quebra-cabeça, e foi uma vergonha quando Geri nos deixou, porque daí faltaria sempre a peça.”

“Ela entra em contato com a gente ocasionalmente. Ela me mandou umas flores quando eu consegui meu primeiro # 1 e mandou presentes pros nenéns quando eles nasceram.”
Mel admite que, apesar das fofocas deixarem ela louca, seu pensamento para o Ano-Novo é que ela não vai deixar essas coisas abalarem sua vida.

“Minha vida não poderia estar melhor”, ela diz com um sorriso, “Eu tive dias ruins, como todo mundo, mas eu aprendi a colocar cada coisa sob uma perspectiva.”
“Quando eu estou me sentindo mal, só tenho que me lembrar da sortuda que eu sou.”

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.