Life In Mono

Life In Mono

The stranger sang a theme
From someone else’s dream
The leaves began to fall
And no one spoke at all
But I can’t seem to recall
When you came along
Ingenue
Ingenue
I just don’t know what to do

The tree-lined avenue
Begins to fade from view
Drowning past regrets
In tea and cigarettes
But I can’t seem to forget
When you came along
Ingenue

Ingenue
I just don’t know what to do

Ingenue
I just don’t know what to do

Ingenue
I just don’t know what to do

Ingenue
I just don’t know what to do

Ingenue (fade out)

Vida Em Mono

Um estranho cantava um tema
Para o sonho de outra pessoa
As folhas começavam a cair
E ninguém falava nada
Mas eu não posso parecer recordar
De quando você veio acompanhado
Inocente

Inocente
Eu não sei o que fazer

A avenida arborizada
Começava a desaparecer de vista
Afogando-se em tristezas passadas
Em chá e cigarros
Mas eu não posso parecer perdoar
Quando você veio acompanhado
Inocente

Inocente
Eu não sei o que fazer

Inocente
Eu não sei o que fazer

 

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.