Capricho – Frio na barriga

Capricho: Frio na barriga
Ano: 2001

A Girl Like Me, primeiro disco solo de Emma Bunton, tirou noite de sono da Baby Spice

Para Emma Bunton, é como se ela estivesse começando de novo com A Girl Like Me, seu primeiro disco solo. “Estou muito nervosa”, diz a Baby Spice, 25 anos, a caçula do grupo. “Passei quase um ano e meio escrevendo as músicas. É como se minha alma estivesse gravada no CD”.

Das doze músicas do disco, dez são de autoria da própria Emma. Ela mesma escolheu What Took You So Long para ser a primeira de trabalho. “É para cima”, diz a cantora. “Fala das manias que os garotos têm de demorar um tempão para tomar a iniciativa, para dizer o que estão sentindo. Já passei por isso várias vezes”.

Passou, não passa mais, Take My Breath Away, que será a segunda música de trabalho, foi dedicada a Jade Jones, integrante da banda Damage e namorado de Emma. “Ao meu amorzinho, você tira e sempre tirará o meu fôlego”, diz o encarte do disco. Os dois se conheceram numa festa de Mel B, em 1998, e sempre protegeram muito a relação. Emma quase nunca fala do namoro em entrevistas.

A maior preocupação da cantora, desde que a fama começou, foi seguir uma vida normal, sem estrelismos. Tanto que sempre foi a spice mais quieta, na dela, sem grandes extravagâncias, a menos citada nos tablóides ingleses. O nome do disco solo, A Girl Like Me (em português, uma garota como eu), tem a ver com isso. “Passo pelas mesmas emoções que toda garota”, ela diz. “Também já me perguntei mil vezes se estava apaixonada, já sofri muito por amor e adoro minha mãe.”

Segundo Emma, as outras spice girls ouviram o disco assim que ele ficou pronto. E adoraram. “A opinião delas sempre foi importante para mim. As três me apóiam muito e tê-las por perto me ajuda demais.”
A entrada nas Spice Girls foi coisa do destino. O quinteto nasceu de um anúncio colocado no jornal inglês The Stage. Victoria, Mel B, Mel C, Geri e Michelle se apresentaram, fizeram um teste e foram escolhidas entre 400 candidatas. Michelle? Sim. O grupo montado na época, em 1994, se chamava Touch e ainda tinha Michelle Stepheson na formação. Pouco tempo depois ela desistiu de cantar para se dedicar aos estudos. Uma professora de canto indicou Emma, que na época tinha 18 anos.

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.