Forever foi o terceiro álbum das Spice Girls, e o primeiro em quarteto. O álbum demorou 14 messes para ficar pronto. Com cinco musicas lentas e seis requebrantes, “Forever” traz letras surpreendentes. Na primeira faixa do disco, “Holler”, as provocações juvenis (e ingênuas) do passado foram substituídas por frases apimentadas como “serei sua fantasia, tudo que quiser você encontrará em mim se fizer meu jogo”.

 

As letras são fortes, mas mantivemos o nosso estilo pop e alegre. Estou mesmo muito orgulhosa do disco. Ficou ótimo e os fãs vão gostar.

[Victoria em entrevista a revista nacional Canal Extra]
 

Forever é um álbum que só poderia ser feito pelo maior grupo do mundo. Enquanto outros grupos continuam copiando o som original das Spice, as garotas retornaram com algo dramaticamente diferente de tudo, elas vão transformar a musica pop mais uma vez, do mesmo jeito que fizeram quatro anos atrás com Wannabe.
As faixas de R&B de Forever são parecidas com Destiny's Child. A excelente Tell Me Why leva o som de Rodney Jerkins para um novo nivel, ressaltando baixos, sinos e fortes vocais.

Get Down With Me é tão contagiante como a abertura do álbum Holler, e Wasting My Time tem o mesmo sutil estilo R&B que Last Time Lover, uma das mais inspiradoras de TLC do álbum de lançamento das garotas.

Mas enquanto as Spice Girls estão fazendo a musica mais moderna que existe, elas continuam cada vez mais apimentadas. Right Back At Ya é um hino classico do Girl Power, apontado para os críticos e a quem duvida, com Mel B dizendo "Once again we're coming righ back at ya" num estilo característico de spice rap.

E If You Wanna Have Some Fun é o Who Do You Think You Are de Forever, uma bonita musica de discoteca a qual você não conseguirá ficar sem dançar.

Não são só as batidas que fazem de Forever um álbum brilhante. Let Love Lead The Way soa muito melhor no contexto do álbum. Mas é Oxygen que leva o premio de melhor canção.

Sem duvida a melhor balada que as Spice Girls já gravaram, Oxygen é quase indescritivelmente linda.

As Spice Girls sempre foram as melhores cantoras do pop e em Forever suas vozes estão mais fortes do que nunca. Com ótimas melodias, ótimas letras e muito mais Girl Power que nunca, Forever foi seu melhor momento.
 

Não teve o mesmo sucesso dos álbuns anteriores, mas vendeu 5 milhões de cópias, faturando o disco de ouro e platina em vários países, como Reino Unido, Brasil, Japão, França, Alemanha e Portugal. Apesar de quase nenhuma divulgação, já que as 4 garotas estavam empenhadas em seus discos solos.

 

A gente começou a gravar num ritmo lento e chegou até a carregar os bebês para o estúdio. Parecia um berçário, mas deu certo. O disco vai ser um sucesso!

[Victoria em entrevista a revista nacional Canal Extra]

 

O álbum subiu da segunda posição na primeira semana nas paradas brasileiras para o primeiro lugar na semana seguinte e duas semanas depois, levou os álbuns anteriores das Spice Girls para o Top 20 dos cds mais vendidos. Spice World, que foi lançado três anos atrás, tinha voltado para as paradas em nono lugar e Spice em décimo sexto lugar.

Promos de Tell Me Why, If You Wanna Have Some Fun e Weekend Love chegaram a ser lançados, mas as músicas não foram divulgadas pelo grupo.

A escolha de "Forever" para título veio às vésperas do lançamento, quando Mel C e Mel B sugeriram o nome, por já intitular um dos livros das Spice Girls e pelo fato de Mel C sempre cantar 'Spice Girls forever' durante 'Viva Forever' nos shows.

 

 

Holler: Uma fatia dançante de R&B, perfeita para o mercado americano - bem
parecido com o estilo Destiny's Child e TLC. Um definitivo single #1, para
abrir o álbum com chave de ouro.

Tell Me Why: Uma amostra moderna que mostra o caminho para uma musica suavemente dançante, com predominância de Mel B. Muitas primeiras vozes, mas no final das contas vazio - soa um pouco vazio.

Let Love Lead The Way: Balada melódica com influencias de 2 Become 1 e Too Much. Um estilo caracteristicamente Spice, do outro lado do single Holler.

Right Back At Ya: Uma das favoritas das garotas que parecem dar as costas para a mídia. Talvez sem Geri, elas tenham ido para uma musica mais negra. Mas os americanos vão gostar? Tem muitos artistas fazendo esse tipo de musica por lá. Estas são as Spice para o milênio inteiro.

Get Down With Me: Sintetizada para criar uma alegre fatia do R&B mas é um pouco sem cara. Muito contagiante e cheio de danças.

Wasting My Time: Dominam os vocais de Emma - A produção é impecavelmente astuta como um estilo Madonna de efeitos no vocal.

Weekend Love: Balada molhada sobre coisas a se fazer em breve. Mel C domina o refrão. Mel B destrói com um grande estilo de rap salsa e merengue. (???)

Time Goes By: Outra lenta - possivelmente um single. Produção com um estilo épico - muito Mariah e Whitney. Vão haver muitas preferências por esta musica, mas não é do mesmo padrão que Too much.

If You Wanna Have Some Fun: Essa é mais parecida. Estilo anos 70, mais
tradicional Spice, similar a Say you'll be there. Favorita de Emma, com uma
bateria muito legal.

Oxygen: Outra lenta. Uma balada de qualidade, e vai ser #1 no natal.

Goodbye: Surpresa para muitos que esta musica esteja no novo cd. Foi #1 ha dois anos atrás. Este álbum é meio estranho. è mais parecido com o trabalho solo de
Mel B, e talvez não seja do gosto de muitos fãs. Mas é uma ótima produção de tirar o fôlego.
 

Novembro de 1998: Goodbye é escrita e gravada.
14 Dezembro 1998: Goodbye é lançado e alcança o numero 1 nas paradas.
02 Agosto 1999: Spice Girls vão para o Abbey Road Studios para escrever e gravar algumas faixas com Stannard e Rowe.
16 Agosto 1999: Vão para Steelworks Studios escrever com Elliot Kennedy
25 Agosto 1999: Começam a produção com Rodney Jerkins no Whitfield Street Studios.
21 Setembro 1999: De volta a Whitfield Street para mais uma sessão com Jam & Lewis.
10 Abril 2000: Gravação com Rodney in Miami
17 Julho 2000: Finalização das gravações com Fred Jerkins at Whitfield Street.
19 Julho 2000: Ensaio fotográfico com Terry Richardson, fotos para divulgação do álbum.
24 Julho 2000: Ambos vídeos serão gravados nessa semana
25 Agosto 2000: Titulo ‘Forever’ é revelado
11 Setembro 2000: 1ª vez que Holler toca nas rádios.
06 Outubro 2000: 1ª vez nas radio de Let Love Lead The Way
23 Outubro 2000: Lançamento do single
6 Novembro 2000: ‘Forever’ lançado.

 

Lançamento: 06/11/2000
Posição Máxima em UK: #2
Total de Vendas no Reino Unido: 280.000
Total de Vendas no Mundo: 5 milhões

Total de Vendas na Espanha: 75.000
Total de Vendas no Canadá: 200.000
Total de Vendas no Brasil: 500.000
Total de Vendas nos EUA: 207.000 (34.000 na primeira semana)
Total de Vendas na Itália: 50.000
Total de Vendas na Austrália: 35.000
Total de Vendas na França: 72.000
Total de Vendas em Israel: 10.000
Certificado: Disco de Platina

 

UK: 2-16-32-37-35-43-49-62-80-OUT-93(re)

EUA: 39-78-108-131-150-160

Brasil, Israel, Rússia, Bolívia: 1
Filipinas: 2
Singapura: 4
Eurochart: 5
Canadá, Alemanha, México: 6
Austrália e no Chart Mundial: 9
Áustria: 10
Suíça: 11
Itália: 11
Polônia, Irlanda: 15
Portugal: 17
Hungria: 20
Suécia e Finlândia: 24
Dinamarca e Nova Zelândia: 25
Noruega: 26
Holanda: 30
França: 43
Bélgica: 44