Victoria Beckham – “Eu era uma adolescente desajeitada”

vb137
A estilista Victoria Beckham assinou um artigo para a revista Vogue australiana, divulgado na quarta-feira (15), no qual revela que sofria bullying na época da escola por ser uma adolescente desajeitada.

“Meus pais sempre me ensinaram a importância da gentileza e, com meus filhos, eu sempre disse a mesma coisa: não importa o quão inteligente você seja, como você se pareça ou se vista, o mais importante é que você seja gentil com outras pessoas. Quando eu estava na escola, eu era uma adolescente bastante desajeitada. Eu não tinha muitos amigos e, olhando para trás, reconheço que sofri bullying algumas vezes. Eu não gostaria que ninguém se sentisse como eu me senti”

“Então, quando Harper começou na escola, eu disse para ela: ‘Se você estiver no parquinho e houver uma garotinha sentada sozinha, peça para ela brincar com você, vá e interaja com ela, porque mamãe costumava ser aquela garotinha'”, disse, citando a filha caçula, Harper.

Ao longo do texto, ela discorre sobre o período de confinamento, e conta que ela e a família estão ajudando pessoas mais velhas da vizinhança a fazer compras.

“No momento, há muita incerteza e todos estamos assustados e nervosos. Nenhum de nós já passou por essa situação antes, por isso é nossa responsabilidade proteger e explicar esse momento louco para nossos filhos e focar em ser mais paciente, compreensivo e solidário. David, as crianças e eu estamos trabalhando com pessoas mais velhas da comunidade que moram nas proximidades. Reunimos alimentos, produtos de higiene pessoal e outros itens essenciais e adicionamos notas para colocar nas encomendas, que uma instituição de caridade local entrega”

Victoria também relata que aprendeu a apreciar os pequenos prazeres da vida em família. Ela e o marido, o ex-jogador de futebol David Beckham, estão juntos há 20 anos e têm quatro filhos.

“Sinto-me incrivelmente sortuda por estar em uma posição que me permita estar em casa em segurança com minha família e poder ver os aspectos positivos desse tempo extraordinário em nossas vidas. Enquanto trabalhamos em casa, passeamos todos os dias em família. Quantas vezes todos nós passeamos juntos normalmente? Geralmente, há uma reunião de trabalho ou alguém está viajando. Estes tempos são preciosos. Ontem, David e eu estávamos andando à frente de Cruz e Harper. Pudemos ouvi-los rindo tão alto e nos viramos um para o outro e dissemos: ‘O quão agradável é ouvir e ver?'”

Por fim, reconheceu que o momento é trágico para muitas pessoas, e por isso é ainda mais importante que sejamos gentis uns com os outros.

“Com tantas pessoas terrivelmente e tragicamente afetadas, os últimos meses certamente foram difíceis, mas eles também nos deram a oportunidade de tirar um tempo, refletir e aprender. São as crianças que são o futuro e é importante que transmitamos as lições que aprendemos durante esse período. Para mim, sempre volta à gentileza: não importa quem você é ou de onde você é, todos podem ser gentis. Não custa nada e faz você se sentir melhor como pessoa. É preciso muita energia extra para ser negativo”, finalizou.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.