Mel C – “O isolamento me deu coragem para mostrar o meu verdadeiro eu”

mc137
A estrela das Spice Girls é geralmente uma “pessoa muito reservada”, mas diz que o isolamento a “afrouxou” um pouco e permitiu que ela mostrasse um outro lado de si mesma.

Em declarações à revista Culture The Sunday Times, ela disse: “Deixar as pessoas verem minha casa foi estranho no início. Sou uma pessoa muito reservada, mas o isolamento me soltou. Essa experiência compartilhada de todos em isolamento fazia qualquer sentido de fingimento parecer ridículo. Eu falei muito no passado sobre minhas batalhas contra a depressão e isso realmente me ajudou a ouvir de fãs tentando dar sentido à mesma situação. Suas histórias me obrigaram a estender a mão. Para minha grande surpresa, adorei ser tão aberta e permitir que as pessoas vissem o meu verdadeiro eu.”

Enquanto isso, a pop star de 46 anos já havia insistido que sua imagem pública ainda não combinava com sua vida real, já que ela é vista como um símbolo da “cultura ladette” desde os anos 90, mas na realidade, ela é “bastante silencioso” e “gentil”.

Ela compartilhou: “Eu tinha essa imagem de moleca e amava meu futebol, as pessoas me achavam um pouco tagarela, um pouco barulhenta, parte dessa cultura ladette. E, você sabe, eu sou muito quieta e muito gentil. Isso foi difícil para mim por alguns anos. Eu achei muito confuso.”

Melanie foi submetida a terapia para depressão clínica no início dos anos 2000.

Mel também admite que a chegada de sua filha Scarlet, de 11 anos, foi um ponto de virada em sua vida.

Ser mãe foi muito libertador porque, pela primeira vez na minha vida adulta, não era tudo sobre mim. Isso me fez não só perceber que tenho uma grande responsabilidade com ela, mas também comigo mesma

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.