Geri Horner assegura que a pandemia mostrou a parte boa das pessoas

gh58
Em nova entrevista ao jornal The Times, a cantora Geri Horner falou sobre a quarentena por causa da pandemia do coronavírus, e também confessou que é uma pessoa ‘bem introvertida’.

Geri comentou que toda sua fama e popularidade por conta do grupo feminino não ajudou a melhorar esse seu lado, e ela afirma que em sua vida real ela é bem diferente dessa pessoa pública.“Eu sou muito introvertida. Mas todos temos nossas capas de Batman”, justifica. Apesar dos problemas causados pela pandemia, Geri conseguiu desfrutar de momentos tranquilos em casa com sua família, sem ter que lidar com esse seu lado introvertido em público.E falando sobre o novo bloqueio no Reino Unido por conta da nova onda de contágios da covid-19, a cantora – que tem os filhos Bluebell, de 14 anos, com seu ex, Sacha Gervassi e Montague, de três, com seu atual marido Christian Horner – acha que os britânicos se sentem orgulhosos de si mesmos por como lidam com o lockdown.

Quando perguntaram se ela se sentia ‘estóica’ [quem mostra fortaleza e domínio sobre si mesmo, especialmente ante tragédias e dificuldades] em relação ao lockdown, Geri disse ao jornal: “Estóica é uma palavra linda. Eu tenho aquele livro, Daily Stoic… Não seria ótimo se todos fôssemos tão fortes? Mas eu sou humana. Mesmo assim, esse ano nos mostrou que somos feitos de coisa boa. Deveríamos nos orgulhar disso”.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.