Gary Madatyan abriu um processo contra Mel B

mb-gary2
O ex-cabeleireiro de Mel B processou a estrela das Spice Girls, alegando que ela o abusou emocionalmente, tinha medicamentos prescritos em seu nome e está se recusando a pagar os US $ 200.000 que lhe deve.

De acordo com a ação movida no Tribunal Superior de Los Angeles em 25 de setembro, obtida por Page Six, Gary Madatyan ficou muito próximo de Mel enquanto trabalhava para ela, começando como cabeleireiro e eventualmente se tornando agente de Mel, estilista e muito mais. Ele afirma que ela começou a abusar da amizade deles, o manipulando para se tornar um “peão” que ela poderia “usar e abusar”.

Embora Gary fosse seu empregado em período integral, ele afirma que Mel B pagava US$ 10.000 por mês, mas solicitou US$ 7.000 para o aluguel de um apartamento no mesmo condomínio que o dela. Ele também afirma que ela pegava dinheiro emprestado (US$ 200.000). Ela teria prometido pagar a quantia de volta, mas nunca pagou.

Gary também ficou cada vez mais preocupado com o possível fato de Mel estar envolvida em “atividades ilegais” com seu médico, Dr. Charles Sophy. Ele afirma que Sophy pediu que ele mentisse para o Departamento de Serviços de Crianças e Famílias de Los Angeles sobre o ex-marido de Mel B, Stephen Belafonte. Ele afirma que falou suas preocupações para Mel, que o demitiu pouco tempo depois.

Por volta deste ano, Gary afirma ter descoberto que o Dr. Sophy supostamente prescreveu sais de anfetamina para Mel usando o nome dele, que afirma que não autorizou ou consentiu isso.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.